A APOSOLO, no âmbito da AgroGlobal 2018 e em parceria com a Syngenta, organizou uma ação de demonstração no campo sobre a conservação do solo. Nesta ação sobre boas práticas de conservação do solo, a presidente e a secretária-geral da Associação Portuguesa de Mobilização de Conservação do Solo (APOSOLO), respetivamente Gabriela Cruz e Marta Manoel, demonstraram o comportamento da água num solo mobilizado e sem cobertura por comparação a um solo com cobertura vegetal. Este último apresenta uma maior capacidade de infiltração da água, minimizando o fenómeno da escorrência e consequente arrastamento dos sedimentos, adubos e produtos fitofarmacêuticos para fora da parcela. “A agricultura de conservação, incluindo a não mobilização do solo, tem o objetivo de manter a estrutura do solo e conservá-lo na parcela do agricultor. Manter o solo coberto com vegetação é um uso mais sustentável do solo do que a mobilização”, explicaram as também agricultoras, que praticam agricultura de conservação há vários anos. Fonte: [agriculturaemar.com]...

A APOSOLO marcou presença na AgroGlobal 2018, que decorreu de 5 a 7 de setembro, em Valada do Ribatejo (Cartaxo). Para além do stand próprio com informação diversa sobre Agricultura de Conservação, a APOSOLO, em parceria com a Syngenta, organizou uma ação de demonstração no campo sobre a conservação do solo....

A APOSOLO foi a Organização de Agricultores vencedora dos Prémios Vida Rural 2018, uma iniciativa da Revista Vida Rural que premeia e celebra anualmente pessoas, organizações, empresas e projetos que se distinguem no panorama dos agronegócios em Portugal. A atribuição deste prémio reconhece a APOSOLO como uma entidade com um notável trabalho na área da Agricultura de Conservação....